Todo mundo diz que dinheiro não é problema, é a  solução. E de fato, geralmente é a solução. A verdade é que não basta ter dinheiro na mão. É preciso saber como cuidar bem dele. Só assim é possível resolver necessidades imediatas, realizar planos futuros e enfrentar os imprevistos do nosso dia a dia, melhorando assim seu orçamento doméstico.

Como equilibrar as contas para que “sobre” dinheiro ao final do mês? Ou para que ao menos não falte? Eis a questão. Temos que sempre ter o equilíbrio, e lembrar que somos os responsáveis pelo nosso dinheiro. Quando começamos a ficar no vermelho sempre demos algumas desculpas para justificar… são os famosos imprevistos. Eles são comuns e acontecem sempre. Como fugir deles? Planejamento; isso mesmo, planejamento é a chave do equilíbrio das contas da casa; não devemos apenas planejar o dia do pagamento, nem apenas o mês, devemos planejar o futuro, o ano, os próximos 10 anos. Temos que fazer os planos (viagens, carro novo, casa, casamento, ETC) e definir as metas para alcança-los.

O dinheiro não sobra? O que fazer?

  • Reavalie suas despesas: Corte os gastos desnecessários, que não agreguem valor a qualidade de vida;
  • Evite desperdícios: Uso excessivo de água, energia, telefone, TV a Cabo, entre outras;
  • Reavalie seus custos fixos: Avalie promoções e os  pacotes de benefícios de Planos de saúde, telefonia. Mantenha apenas o que for extramente necessário;
  • Defina Limites: Crie categorias para seus gastos e defina limites para eles (Alimentação, Laser, Saúde, Veículos. Etc) e use uma planilha de orçamento doméstico.

Lembre-se também que geralmente todo ano temos o 13° salário, planeje para que ele seja algo extra, para que sobre para as suas economias, e não para que seja o “salvador da pátria” de suas despesas. Planeje seu presente e futuro, avaliando curto, médio e longo prazo e não fique apenas sonhando com seus objetivos, faça-os virar realidade. Só depende de você…